Tendências 2021 Para Ficar de Olho

Multidão de consumidores que definem tendências 2021
Compartilhe:

Devido ao recrudescimento da pandemia do novo Coronavírus, 2021 ainda traz incertezas e não há previsão de recuperação sólida. O processo de vacinação ocorrerá gradualmente e os impactos econômicos e sociais deverão ser sentidos por muito tempo ainda.

Dentre os impactos socioeconômicos mais significativos que observamos está a perda de mais de 1,5 milhão de postos de trabalho no país, tornando o mercado de trabalho mais concorrido e demandando uma maior qualificação por parte do profissional.

A mudança de comportamento do consumidor, decorrente das restrições impostas pelo isolamento social, impacta diretamente nos negócios das empresas.

Assim, ao compreender o comportamento do consumidor e analisar as tendências de consumo para 2021, é possível ao pequeno empreendedor criar estratégias considerando essa nova realidade com o objetivo de alcançar o público e manter o negócio competitivo no mercado.

Convidamos também pequenas empreendedoras para expor sua visão para 2021 em suas respectivas áreas de atuação. Siga a leitura e confira o que elas dizem!

Tendências 2021 de comportamento e de consumo

1. Tendência ao Neoessencialismo, Nostalgia ou Escapismo

De acordo com o Observatório de Sinais, uma das tendências em alta no momento é o neoessencialismo, que significa a busca pela essência das coisas, ou seja, traz à tona o desejo de simplificação, reducionismo, leveza, praticidade, despojamento voluntário e minimalismo.

Segundo o sociólogo e diretor do escritório de pesquisa de tendências Observatório de Sinais, Dario Caldas, “isso acontece em função de um quadro pesado e negativo que vivemos por causa da pandemia, com a questão da morte muito próxima.”.

Outra tendência comportamental provocada pela pandemia do Coronavírus é o sentimento de nostalgia, que desperta sensações e emoções com lembranças positivas dos bons tempos passados. O escapismo é outro comportamento em alta no momento, uma forma adotada pelos indivíduos para lidar com situações difíceis. Desse modo, as pessoas estão procurando por experiências que possibilitem a fuga da realidade ou da rotina.

Todas essas tendências comportamentais, observadas e capturadas através de pesquisas, irão refletir no mercado por meio do desejo e procura por produtos, tais como:

  • Produtos que apresentam elementos essenciais, com grande atenção à funcionalidade, e que remetam às condições de segurança e sensação de proteção (tendência “safe”). Exemplos: roupas estilo comfy (confortável), moda que inclui máscaras protetoras, etc.
  • Produtos que apresentam elementos “vintage” ou “retrô” que relembram o passado.
  • Produtos, soluções ou comunicação que evoquem sentimentos de alegria, paz e leveza. Um exemplo disso foi dado pela marca Jacquemus, que realizou um desfile de moda em meio a um trigal com modelos vestindo roupas com cortes despojados e tons harmônicos para transmitir leveza e tranquilidade ao público.

2. Preocupação com o meio ambiente

Outra tendência de comportamento, provocada pela pandemia, foi a maior preocupação com o meio ambiente e, consequentemente, um consumidor mais consciente e que prioriza a sustentabilidade.

De acordo com o relatório do Observatório de Sinais, “o consumidor tende a fazer uma associação natural entre a saúde do corpo individual e a saúde planetária, coletiva.”. Nesse sentido, os consumidores optarão em 2021 por marcas que priorizam conceitos de Economia Circular (reutilização de materiais), Reducionismo, Desperdício Zero e Upcycling (reaproveitamento de produtos descartados, transformando-os em novos).

Além disso, o isolamento também está provocando uma maior valorização de áreas verdes e espaços ao ar livre em lares urbanos. Esta tendência tem sido observada com o aumento do número de transformações de terraços, varandas e quintais, sendo uma boa oportunidade a ser explorada pelas empresas.

3. Busca por experiências

Outra tendência de consumo prevista para 2021 é uma maior busca por experiências, que irá impulsionar o mercado de experiências com serviços que proporcionam uma nova vivência para o cliente, como o turismo de aventura, saltos de paraquedas e passeios de balão, por exemplo.

Devido ao longo período de isolamento, o consumidor tenderá a valorizar mais o investimento em novas experiências que antes eram deixadas de lado. Além disso, pequenos rituais cotidianos que podem trazer prazer aos consumidores, como tomar um cafezinho ou experimentar um produto, também serão mais valorizados em decorrência das restrições impostas no período de quarentena.

Portanto, é interessante pensar em proporcionar uma ótima experiência ao consumidor na aquisição de um produto ou serviço.

4. Busca por produtos que tornam a vida mais barata e agradável

A busca por economia e prazer é outra tendência de consumo apontada para 2021. Com o isolamento, o aumento dos preços e a diminuição do poder aquisitivo, as pessoas passaram a priorizar produtos e soluções que possibilitem a realização, em casa, de atividades habitualmente realizadas por terceiros, como academias, salões de cabeleireiro, etc. Sendo assim, os consumidores irão procurar mais produtos de beleza e bem-estar para realizar esses cuidados em seu próprio lar.

Além disso, de acordo com Guilherme Dietze, assessor econômico da FecomercioSP, os brasileiros irão procurar cursos online para tornar a vida mais agradável e barata. Nesse sentido, essa tendência também pode se refletir na maior adesão por infoprodutos ou cursos que ensinem a realizar determinadas atividades em casa.

Por fim, vale destacar que, o estudo do Observatório de Sinais lembra a diminuição do apelo sexual em tempos de guerra ou pandemia e sugere que grifes de confecções, bolsas e calçados apostem em produtos de apelo à sedução e que chamem a atenção com elementos como brilhos e decotes.

5. Valorização de negócios de bairro

Segundo o instituto Kantar, o comércio de bairro cresceu 40% durante a pandemia. A pesquisa que aponta esse dado foi realizada em junho de 2020, de modo que isso prova que, em pouco tempo, os negócios de bairro cresceram quase 50%.

Dentre os fatores que levaram as pessoas a valorizarem o comércio de bairro, estão: presença de poucas pessoas no local (60,2%), proximidade com a casa (59,6%), preços acessíveis (53,3%), respeito às medidas sanitárias (47,8%) e o fato de não haver filas para entrar (44,9%).

Veja o que dizem especialistas

Veja o que dizem empreendedoras nas áreas da Saúde e Bem-Estar, Autoconhecimento e Relacionamentos e Viagens e Turismo:

Tendência 2021: busca por saúde e bem-estar
Tendência: busca pelo autoconhecimento e relações saudáveis
Tendência 2021: Busca por experiências e viagens seguras

Dicas práticas para seu negócio conquistar o consumidor

  • Invista na entrega de uma melhor experiência, interagindo com o consumidor e oferecendo experiências personalizadas. Além disso, agregue valor com elementos de contato direto em sites e redes sociais;
  • Estimule o senso de comunidade com os usuários, compartilhando conhecimento, esclarecendo dúvidas e oferecendo ajuda mútua (ex: grupos de WhatsApp, Facebook);
  • Integre ambientes físicos e tecnologias digitais (tendência “figital”), por exemplo: cobranças automáticas por aplicativos, telas de toque para clientes consultarem informações na loja física, etc.;
  • Chame mais atenção dos clientes com recursos visuais, como vídeos, lives, memes e imagens.

Concluindo…

A sociedade se transforma constantemente e as demandas e necessidades dos consumidores também. Portanto, é preciso conhecer o público-alvo de sua empresa e acompanhar as mudanças de comportamento e de consumo previstos para 2021. Essa reflexão poderá auxiliar nos negócios através de novas ideias e insights de abordagem do público e uma nova forma de comunicar-se com ele.

Veja também: Tendências Visuais para 2021 – Depositphotos

Colaboraram com este artigo:
Cristiana Carvalho – Rick Turismo – (11) 94122-6257
Sandrä Costa – Zyon Cursos e Terapias – (11) 95794-7776
Renata Lutz – Terapeuta Sexual, Casal e Relacionamentos – (11) 99919-0979

Fonte: O Consumo tende a priorizar o que é mais essencial, simples e seguro em 2021. – Folha de S Paulo

Até a próxima!


Foto da consultora

Claudia Hofmann

Profissional de Comunicação e Marketing, oferece consultoria em marketing digital para direcionar pequenos empreendedores em seus planejamentos, estratégias e planos de ação.

AGENDE SUA CONSULTORIA


Compartilhe:

Deixe um Comentário